top of page

A quem você honra "não indo bem" no seu trabalho e na sua profissão?


Como você ordena a sua caminhada profissional?


Muitos profissionais estão ligados ao destino profissional de seus pais, repetindo sua profissão, seu sucesso ou o seu fracasso inconscientemente!


As vezes os filhos tentam terminar algo que os pais começaram e não puderam concluir.


Pense aí em tudo o que você já fez profissionalmente. Considere tudo, desde o seu primeiro trabalho até o atual.


Se você deseja fazer ou realizar algo novo, terá que incluir o seu passado, com tudo o que aconteceu!

Sabe quando você organiza um curriculum? Você coloca tudo o que você fez numa cronologia e conta as suas experiências, as suas competências, os cursos, suas conquistas, as premiações, etc...

E, deixa de lado as dificuldades, os fracassos, as demissões, os processos, as coisas menos bonitas! Essas informações omitidas, se tornam um peso, ou um segredo...e um grande emaranhado de sucesso!

Você não consegue ir enfrente!

O passado profissional precisa ser respeitado e incluído!


As profissões tem uma origem - foram desenvolvidas por grandes mestres, depois continuam sua função com outras pessoas, continuam no autodesenvolvimento, com pesquisas, inovações, estudos e atualizações, e tudo tem uma ordem e uma hierarquia.


Quando uma pessoa enfrenta muitas dificuldades na sua vida, direciona toda a sua força e energia pra dentro de si, e esse comportamento retraído, não permite que ela veja seus recursos, seus talentos com clareza. O que acontece dentro de você se repete fora!


Em vez de perguntar - "o que eu quero da vida"?

Pergunte - " vida o que você quer de mim"?


Para concluir, você pode se colocar em ordem na sua profissão, você pode se beneficiar e muito, fazendo a sua constelação profissional, empresarial / organizacional.


Bert Hellinger, disse que, todos somos colaboradores, e nosso sucesso é comunitário.

A quem devemos servir?

Todos nós servimos à vida!

É assim que acontece com nosso sucesso!

Algumas vezes nos ofusca, e dominado por ele, fechamos os olhos.

Depois do sucesso do dia, quando o sol se põe, nós o deixamos lentamente, preparando-nos para a escuridão, para a noite.

De repente nos sentimos acolhidos, centrados e silenciosos, com nosso sucesso, em outro lugar.

Nasce conosco em outro lugar, luz de luz, somente refletindo e, não obstante, plenamente presente.


(Eliane Macedo Lima)





29 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page