top of page

Meditação - Tocar a Terra

Em você estão ambos "seus ancestrais consanguíneos e os seus ancestrais espirituais."

Prostrar-se

Em agradecimento, eu me prostro diante de todas as gerações de antepassados de minha família biológica.


Vejo minha mãe e meu pai, cujo sangue e vitalidade correm por minhas próprias veias e alimentam cada célula do meu corpo.


Por meio deles vejo meus quatro avós.


Suas expectativas, experiências e sabedoria me foram transmitidas por meio de incontáveis gerações de antepassados.


Levo em mim a vida, o sangue, a experiência, a sabedoria, a felicidade e a dor de todas as gerações.


Treino para transformar o sofrimento e os outros elementos passíveis de ser transformados.


Abro meu coração, carne e ossos para receber a energia da visão interior, do amor e da experiência transmitidos por meus antepassados.


Vejo que a origem de minhas raízes procede de meu pai, minha mãe, meus avós, minhas avós e todos os meus antepassados.


Sei que sou a continuação dessa linhagem ancestral.


Por favor, apoie-me, proteja-me e transmita-me sua energia.


Sei que os pais sempre amam e apoiam seus filhos e seus netos, embora nem sempre sejam capazes de expressar isso de forma eficaz, por culpa das dificuldades que tiveram.


Vejo que meus antepassados tentaram construir um modo de viver baseado na gratidão, na alegria, na confiança, no respeito e no amor compassivo.


Como continuação de meus antepassados, eu me prostro profundamente e permito que suas energias fluem através de mim.


Peço a meus antepassados que me apoiem, que me protejam e me deem força.


( Livro: Sem Morrer Sem Temer - Meditação do Monge Budista Thich Nhat Hanh)


Com fazer essa meditação?

Você se prostra, tocando a terra com os seus joelhos, mãos e testa.



12 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page