top of page

O que é importante você saber antes de fazer uma Constelação Familiar comigo?

Atualizado: 30 de mai. de 2022

Eu recebo sempre a mesma mensagem: Eliane, "gostaria de saber mais sobre seu trabalho com a constelação familiar..."


E foi logo na primeira aula - da minha primeira formação - que um dos professores (que já faleceu) falou sobre "a seriedade e ética" desse trabalho.

Eu espero que esse post (longo) possa responder a todos que querem saber mais sobre "o meu trabalho" na terapêutica sistêmica.

Antes - eu quero fazer uma pergunta a você e seja honesto na sua resposta:

Você já procurou um profissional de qualquer área, falando 'mal' do profissional anterior?


Se você respondeu não imagina...e se respondeu - sim - eu também confirmo -que muitas pessoas que me procuram pesquisando sobre a possibilidade de fazer um atendimento com a constelação familiar - falam mal dos terapeutas e terapias anteriores, e também da própria constelação familiar!


O que acontece então, para que esse falatório e mal entendido se espalhe por aí?

Falta a seriedade do terapeuta!

Falta a seriedade do cliente!


O que é importante você saber antes de fazer uma Constelação Familiar comigo?

É poder dizer a você que:

Eu respeito muito você e a sua dor e agradeço muito pelo nosso encontro!

É poder dizer a você que ser sério, é poder estar com você fazendo o meu melhor.

É poder convidar você - para realizarmos juntos um trabalho leve, responsável, atencioso, empático e ético.

É poder estar com você.

É facilitar um processo terapêutico entre duas pessoas adultas, com respeito e amorosidade...abrindo um espaço para a confiança e um momento feliz.


É também - falar do meu trabalho e dizer um não - e não atender algumas pessoas curiosas, com muitas expectativas, cheias de fantasias, esperando um milagre, sem o interesse em assumir a sua parte no atendimento.


O que é mesmo muito importante - você saber antes de fazer uma Constelação Familiar comigo?

É poder contar a você que - eu não sou perfeita e sim bem imperfeita!

Que existe fraqueza e força em mim...tanto quanto existe aí em você!

E que ambos temos coisas muito positivas para compartilhar...sem julgamentos!


Eu realmente me sinto muito feliz por receber você.

E por você ter chegado até aqui...e caminharmos juntos...

Eu, só posso fazer o seu atendimento se você permitir. Se você se expor!

Se você se permitir ver e confiar no que vai ser revelado a você.


Para finalizar - deixo a mensagem e convite de Bert Hellinger para que 'A Seriedade' presente em seus atendimentos e livros, nos inspire e nos conduza a um bom lugar em liberdade na alma!


Em especial compartilho um pouco dos meus aprendizados e momentos reflexivos de inspirações com o terapeuta e escritor Joan Garriga Bacardí, inicialmente pelos seus livros, e depois por muitos encontros em workshops presenciais e on-line.


"A constelação não faz o trabalho sozinha.

O trabalho, quem faz, é cada pessoa com a sua receptividade, atenção à si mesma e seu compromisso de levar à sério a sua vida.

E, na verdade, não existe outro trabalho senão àquele processo que a constelação desencadeia.

Não existe outra coisa à mais do que o processo de se auto acompanhar, ter em conta os vínculos que são importantes e orientar-se da maneira mais sábia que for possível para que ninguém sofra e para que a pessoa possa estar melhor.

Não há outra opção mais do que auto responsabilizar-se pela gestão de nossa vida e de nossos vínculos e de fazê-lo com a nossa própria força".

(Joan Garriga – O amor que nos faz bem)


E, para quem gosta e até quem não gosta de ler, está disponível no Telegram - canal Natureza Meditativa, a leitura de todos os seus livros: "Onde estão as Moedas", "Viver na Alma", "O amor que nos faz bem", "A chave para uma boa vida", "Bailando Juntos".

Em breve um novo lançamento!

(Eliane Macedo Lima)

💙

__


"As pessoas tem direito a seus próprios destinos e nós devemos ser muito cautelosos ao interferir nesses assuntos." Bert Hellinger

___


A Seriedade

Antes de uma constelação familiar, é muito importante que se leve a pessoa a encarar com seriedade o trabalho. Não se pode fazê-lo levianamente, senão ele se volta contra o terapeuta. Ele é bom uma constelação religiosa que atinge a profundeza. Não se pode fazê-lo numa feira anual. Tampouco por curiosidade ou de maneira superficial. Por isso, preparo os clientes para a seriedade. As vezes também com uma interrupção. (Bert Hellinger)


___


A Seriedade

A seriedade põe um ponto final na esperança superficial e na súplica e na consolação.

A seriedade é, por isso, tanto subjugada quanto serena: subjugada pelo ímpeto da realidade, por exemplo, de uma doença mortal, de uma perda definitiva, da fatalidade da culpa, da impotência diante da violência e diante do limite final de nossa compreensão.

Apesar disso, esta seriedade também é serena ao renunciar à pergunta: "por quê" ou

"para quê", simplesmente encarando a realidade nua e crua e, ainda que trêmula, subsistindo nela.

(Bert Hellinger - Liberados Somos Concluídos)

146 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page